top of page
Buscar
  • loginmpa

Estante é desenhada para separar circulação nesta casa

O mobiliário cumpre função arquitetônica de forma elegante, e permite ainda que os moradores exponham as peças de decoração.



SALA | A estante metálica vazada permite que a luz atravesse os ambientes. As poltronas pretas são da Vitra. Os bancos de madeira são da FJN para a +55Design. (Foto: Divulgação / Fran Parente)


O olhar contemporâneo da arquiteta Marília Pellegrini (@mariliapellegrini) transformou essa casa de 250 m², no bairro do Morumbi, em São Paulo. A residência, que faz parte de um complexo de outras seis, geminadas, tem três pavimentos: o inferior, com garagem, office e lavanderia; o térreo, com duas varandas externas integradas ao living e cozinha e, por fim, o superior, com três suítes.


A reforma abriu totalmente a sala para as duas varandas, garantindo a circulação vertical do ambiente. A cozinha foi integrada ao ambiente social através de painéis, para que no dia a dia, todo o espaço de convívio ficasse amplo.


COZINHA | O branco predomina na cozinha. A claraboia foi uma solução para trazer mais iluminação natural para a área. O piso, de porcelanato italiano é da Magres, adquirido no Brasil através da Exbra Revestimentos (Foto: Divulgação / Fran Parente)


COZINHA | Os armários permitem que nenhum objeto fique à vista, e que o conceito minimalista se estenda por lá (Foto: Divulgação / Fran Parente)


Na planta original, todos os cômodos eram fechados e compartimentados pelo uso. Com a repaginação, a família pode conviver de forma harmônica, ainda que não estejam no mesmo ambiente.


No living está um dos destaques do projeto: uma estante metálica separa a circulação, e garante a entrada de luminosidade e transparência entre os ambientes. Na parede, está outro destaque do mobiliário, um móvel para a TV permite armazenar toda a louçaria, mantendo-a "escondida" do cômodo.


SALA | O móvel esconde a louçaria e se mantém discreto no espaço. O sofá cinza, da Saccaro, traz elegância e sobriedade para o espaço (Foto: Divulgação / Fran Parente)


Com um olhar mais atento, é possível perceber as portas e divisórias do móvel, que ainda assim se mantém discreto e totalmente adaptado ao projeto. A cozinha seguiu o conceito geral do restante da casa, com referências mais clean e minimalistas. Poucos elementos estão presentes nela, para um visual mais "limpo" na integração.


Uma das varandas foi integrada à sala de jantar e permitiu a instalação de uma churrasqueira, para a família desfrutar entre si, ou para receber. Na outra varanda, o espaço da piscina foi reconfigurado e ela mudou de formato. O novo layout da área externa garantiu mais espaço para convivência e permitiu um projeto paisagístico, pensado especialmente para compor todos os espaços da casa.


SALA DE JANTAR | Materiais naturais foram usados na sala. O pendente é assinado por Ana Neute. Cerâmicas, acima da mesa, são da +55Design. Madeira da mesa é de Patrik Cizilio Madeiras e cadeiras da Saccaro. O quadro, ao fundo, é da Galeria Nara Roesler (Foto: Divulgação / Fran Parente)


MESA DE JANTAR | Da lateral da mesa, é possível ver a vegetação na varanda (Foto: Divulgação / Fran Parente)


"O aspecto urbano e hostil do projeto original deu lugar a um novo apartamento com mais aconchego, luz e verde para valorizar a utilização durante o dia", comenta a profissional. O projeto de paisagismo é assinado por Clariça Lima.


PISCINA | O novo layout da área externa permitiu modificar, inclusive, a piscina (Foto: Divulgação / Fran Parente)


A paleta de cores tem branco e cinza como predominantes, para que outros tons ganhem destaques pontuais na decoração, e o verde da vegetação entre em protagonismo. Tons terrosos e materiais naturais se fazem presentes no mobiliário.

4 visualizações0 comentário

Commentaires


bottom of page